Contabilidade Online RJ | Deixei as mensalidades do MEI atrasar. E agora?

Deixei as mensalidades do MEI atrasar. E agora?

  |   Artigos

A decisão de tornar-se MEI em meio a crise atualmente vivida, é uma decisão inteligente
No entanto, às vezes no meio do caminho, acontecem os acidentes de percurso.
Às vezes, no meio de tantas tarefas, desafios, execuções e decisões a tomar, acaba passando os detalhes pequenos, como por exemplo, esquecer de pagar seus DAS (Documento de arrecadação do SIMPLES Nacional do MEI. O seu carnê)
O governo brasileiro, facilitou em muito a vida do pequeno empreendedor possibilitando a esse, gozar de benefícios, nunca antes conquistados.
Os benefícios são muitos, tais como: Obter o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), e assim, poder abrir conta bancária, e outras formas de crédito junto ao mercado, não emitir Notas Fiscais, isenção de tributos Municipais, Estaduais e Federais…
Com sua contribuição oriunda de uma DAS no valor de pouco mais de 40,00 mensais, o Microempreendedor Individual tem acesso aos benefícios previdenciários, como auxílio-maternidade, auxílio-doença e aposentadoria.

 

Mas o que acontece quando o MEI não paga seus DAS ?

O desafio faz parte de uma empresa, mesmo o MEI, tem seus desafios e um deles é o pagamento mensal de seu documento mensal de arrecadação – DAS.
Diante de tantos desafios, estar em dia com a contribuição mensal do MEI caracteriza condição necessária à continuidade do negócio, sob pena de sérias consequências fiscais e administrativas.
A ausência de pagamento do valor fixo mensal estabelecido (DAS), gerará débitos passíveis de inscrição em dívida ativa da União, dentre outras consequências. Possuir tais cobranças impede a emissão de certidões, enseja futura Execução Fiscal, exclusão do Simples Nacional e dificulta sobremaneira a vida financeira do MEI.

No que tange ao CNPJ, a falta de pagamento do valor mensal por mais de 12 meses consecutivos poderá ensejar o cancelamento do CNPJ.

Neste sentido, o Comitê Gestor do Simples Nacional emitiu Resolução, informando expressamente que os MEI inadimplentes há mais de 24 meses terão CNPJ baixado de ofício.

Assim, antes de correr o risco de cancelamento, conheça nosso site, lá, você poderá imprimir suas DAS em aberto e pagar conforme sua condição e disponibilidade financeira.

É importante lembrar, que os valores mensais são devidos, independente do MEI estar funcionando ou não.

A baixa do registro, sem quitação dos débitos, não impede que posteriormente sejam cobrados do titular os impostos (CPF do empreendedor individual), com os devidos encargos legais, inclusive por meio de processo administrativo ou judicial.

Não deixe isso acontecer com você.

Qualquer duvida fale conosco.